Viagra e Cialis, saiba mais sem mitos ou mentiras

Viagra e Cialis, saiba mais sem mitos ou mentiras

11 de março de 2019 0 Por Admin

Muitas polêmicas geram em torno destes medicamentos para disfunção erétil, aqui os mais populares como: Viagra (sildenafil) e Cialis. (Tadalafil)

O post aqui tem a finalidade de informar sem mentiras ou histórias de internet a segurança desses medicamentos, mas vale ressaltar que independente disso, sempre é bom consultar seu médico, pois como dito, esses são medicamentos. Mas aqui vamos tentar explicar que muitos mitos e mentiras na internet fazem as pessoas a terem medo de tais medicamentos, por achar que vão ter um ataque cardíaco do nada por causa deles.

Primeiramente. tanto o Viagra e o Cialis foram testados e aprovados clinicamente, são drogas muito seguras, mas claro que tem suas precauções, então por isso leia atentamente a bula e suas contra indicações sempre antes de começar a usar, e consultar seu médico é muito importante, e por isso o tema aqui.

Não irei aqui entrar nos termos técnicos da droga, mas vou falar de um jeito claro que a maioria das pessoas entendam. E também dizer de minha experiência ao os tomar. Mas se lembre que cada organismo reage diferente, então algumas pessoas podem se dar melhor com ou com outro, e algumas pessoas terem efeitos colaterais e outras não.

Existe um velho mito na internet que muitas pessoas morreram do coração na prática sexual após terem tomado o Viagra ou o Cialis. Na verdade o ato sexual é um exercício físico, e o que muitas vezes acontece é que pessoas sem condicionamento físico nenhum, ao tomarem o remédio e terem a ereção simplesmente começam a querer uma maratona sexual com suas parceiras, acontece é que isso pode levar a um cansaço e fadiga do coração, e que pode levar a uma parada cardíaca. Então não foi o medicamento a causa, mas sim que você achou que era o super homem e quis ir além de onde seu corpo aguentava.

Vamos dar um exemplo de uma maratona, ou uma pequena corrida de 10km, seu condicionamento físico está ruim, e você com 1km percorrido começa a se cansar e colocar a língua para fora, você simplesmente liga o alerta e diz: “Está bom” e para. Mas vamos dizer que você quer insistir um pouco mais e continua mais 200 metros, você começa já a sentir tudo rodar e até uma tonteira. O aviso se intensifica. Mas você quer mostrar que não está tão ruim para seus concorrentes e continua por mais 300 metros. Você começa a ver uma escuridão, pois seu coração já está batendo mais do que devia, e então você apaga e tem uma parada cardíaca. Copiou??

Veja que neste exemplo mostrei que se você não estiver condicionado fisicamente, você pode ter um ataque cardíaco por excesso de esforço físico, como poderia em uma academia de ginástica. No ato sexual é a mesma coisa, simplesmente muitas pessoas não tem um ataque cardíaco transando por dois motivos: Um primeiro grupo está apto e condicionado fisicamente para uma maratona sexual, e o outro grupo simplesmente não, mas por falta de ereção não conseguem ter a prática sexual ativa. Porém quando tomam um Viagra ou Cialis, eles conseguem ter uma ereção que pode durar, e acabam que não se policiam que seu condicionamento físico não está ok, e com isso podem ter problemas cardíacos, não pelas drogas, mas pelo esforço físico.

E então como resolver isso? Simples: Como na maratona de 10km, tudo tem de ser gradativo, se você quer correr 10km e não consegue atualmente passar de 1km, você tem de condicionar seu corpo aos poucos, então vá correndo 3 ou 4 vezes na semana 1km, vai ver que vai chegar uma hora que você correu 1km e já não tem cansaço algum, e assim vai aumentando a distancia percorrida ao longo de suas corridas. Vai chegar que uma hora aquele pequeno cansaço em que te dava o alerta para parar de correr que chegava nos 1km, vai estar chegando nos 6km e por aí em diante, e talvez logo você corra os 10km sem ficar tão cansando e correr riscos. Veja que no sexo é a mesma coisa, se tomou o remédio, não tente mostrar para sua parceira que é o fodão, começou a cansar relaxa, descanse, vá para preliminares aonde não tenha esforço, e depois recomece devagar

Viagra já bem conhecido pela sua cor azul, ou como falado o famoso azulzinho

Outro ponto é que muita gente pergunta se o viagra ou cialis aumenta a pressão arterial, outra coisa que não é certa, o esforço físico aumenta sua pressão, mas tanto o Viagra e o Cialis tem o efeito inverso, eles podem até baixar muito sua pressão se tomados juntos com outros nitratos que são usados para controle da pressão arterial. por isso é importante consultar seu médico, em especial pessoas que tomam esses medicamentos para controle da pressão.

Já o Cialis identificado por sua cor meio amarelada ou alaranjada

Explicado esses mitos e dúvidas vamos para os efeitos.

O Viagra tem em dosagens de 25mg, 50mg, 100mg. Nunca é indicado tomar mais que 100mg. Minha experiência própria, quando comecei foi com 50mg, sempre me dava muito bem, o Viagra é o famoso tiro curto, corrida de 100 metros rasos. Uma potência grande mas em períodos mais curtos, cerca de 4 horas. Me dava bem pelo que ele oferecia, mas efeitos colaterais como dor de cabeça eram chatos demais, rubor facial e algumas dores nas costas. Cheguei a tomar de 100mg, mas o efeito era o mesmo, e somente os efeitos colaterais aumentavam. Até que um belo dia tomei o de 25mg, efeitos colaterais mínimos, mas o resultado igual ao de 50mg. Tinha encontrado o ponto certo de equilíbrio

Mas eu tinha de testar o Cialis, e fui, com suas doses de 10mg e 20mg. Tomava o de 20mg, a diferença é que passado algumas horas parecia que não dava efeito algum, o Viagra era tomar e com 15 a 30 minutos com algum estímulo o bicho já estava envernizado. Com o Cialis isso já não acontecia, tinha uma ereção mas muito mais a ereção natural de meu corpo e não a ajuda do medicamento. Mas depois vinha o resultado, no dia seguinte você ficava de pau duro a toda hora, e isso não durava só as 36 horas prometidas, chegava muito bem as 48 horas, se eu fosse para a cama com a mulher um dia depois, eu iria ficar com ela o tempo que fosse, pois o efeito dele é muito longo. Mas sempre tem a desvantagem né? Sim, os efeitos sentidos com ele eram os mesmos que eu sentia com o Viagra, porém os efeitos colaterais demoravam também mais de um dia. O sofrimento maior não compensava.

Mas deixo claro que no meu caso eu não tinha um problema de ereção, era por vezes até psicológico, e o que o remédio fazia principalmente era me dar confiança, então eu me sentia seguro com as drogas, e na verdade elas auxiliavam a minha ereção, tanto na confiança como também a ajuda de dilatar as artérias do penianas.

E por fim fui no Urologista que me indicou tomar o Cialis de 5mg diário, era uma droga mais fraca, e que não tinha a durabilidade do Cialis 20mg e tão pouco a potência do Viagra, mas tudo é como você toma o remédio. O Cialis de 5mg após cerca de 3 dias tomando regrado. me faziam as duas coisas, ele já me deixava preparado para qualquer transa que aparecesse do nada, como também a potência do Viagra. E o melhor de tudo, sem nenhum efeito colateral. Mas seguindo como informado, tomar todos os dias no mesmo horário.

Pedimos a todos que dúvidas, deixem suas perguntas, sempre estamos em contato com diversos profissionais da área, e assim sempre podemos esclarecer alguma dúvida. E pedimos que ajudem nosso blog a ter posts com mais frequência, contribua com nosso blog na área contribua